Turismo representa 7,1% do PIB português

O setor do Turismo está a viver um dos melhores períodos de sempre. Segundo os últimos dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), as atividades relacionadas com o turismo representam 7,1% no PIB português. Um valor que ultrapassa os setores da construção e agricultura juntos (6,1%).

Segundo o Jornal de Negócios, o turismo cresceu mais de 7% em 2015 e aproximadamente 10% em 2016. Um crescimento muito superior ao do conjunto da economia. O estudo destaca ainda que o consumo de não residentes em Portugal representa cerca de 61% do total no setor do turismo.

As três atividades fundamentais são os hotéis, restaurantes e transportes aéreos. Estas três áreas representam dois terços dos gastos dos turistas não residentes. De acordo com o INE, por cada 100 euros gastos, são gerados adicionalmente 23 euros na restauração, 22 euros no alojamento, e quatro euros no transporte aéreo.

Turisforma recebe alargamento da certificação da DGERT

A Turisforma – Formação e Consultadoria, é uma entidade certificada pela DGERT (Direção-Geral do Emprego e Relações de Trabalho) desde 2008, sendo que em 2012 viu reconfirmada por parte desta entidade, a certificação em 24 áreas de formação. Em 2013 a certificação foi alargada a mais 13 áreas de formação, ficando com um total de 37 áreas certificadas.

As áreas de formação iniciais foram: 010 – Programas de base; 090 – Desenvolvimento pessoal; 146 – Formação de professores e formadores de áreas tecnológicas; 211 – Belas-Artes; 214 – Design; 215 – Artesanato; 222 – Línguas e literaturas estrangeiras; 312 – Sociologia e outros estudos; 340 – Ciências empresariais; 341 – Comércio; 342 – Marketing e publicidade; 443 – Ciências da terra; 344 – Contabilidade e fiscalidade; 345 – Gestão e administração; 346 – Secretariado e trabalho administrativo; 347 – Enquadramento na organização/empresa; 380 – Direito; 481 – Ciências informáticas; 482 – Informática na óptica do utilizador; 541 – Indústrias alimentares; 581 – Arquitectura e urbanismo; 582 – Construção civil e engenharia civil; 621 – Produção agrícola e animal; 622 – Floricultura e jardinagem; 723 – Enfermagem; 726 – Terapia e reabilitação; 729 – Saúde – programas não classificados noutra área de formação; 761 – Serviços de apoio a crianças e jovens; 762 – Trabalho social e orientação; 811 – Hotelaria e restauração; 812 – Turismo e lazer; 814 – Serviços domésticos; 815 – Cuidados de beleza; 840 – Serviços de transporte; 850 – Protecção do ambiente; 861 – Protecção de pessoas e bens; 862 – Segurança e higiene no trabalho.

Recentemente, recebeu a decisão da DGERT quanto ao alargamento da certificação em mais seis áreas de educação e formação, proporcionando formação nas seguintes áreas: 142 – Ciências da educação; 311 – Psicologia; 343 – Finanças, banca e seguros; 521 – Metalurgia e metalomecânica; 542 – Indústrias do têxtil, vestuário, calçado e couro; 623 – Silvicultura e caça.

São 43 as atuais áreas de formação certificadas pela DGERT.

Privilegiando o desenvolvimento de qualificação e formação certificada, a Turisforma trabalha com o intuito de preparar pessoas para o mercado de trabalho.

Portugal é o Melhor Destino Turístico do Mundo

A World Travel Awards reconheceu pela primeira Portugal como o melhor destino turístico do mundo

Portugal integrou a lista de 17 candidatos a “Melhor Destino Turístico do Mundo” depois de, em setembro, ter ganho o prémio de “Melhor Destino Europeu”.

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, afirmou ser “um momento único para o turismo em Portugal”, reconhecendo também que “é preciso continuar este trabalho de mostrar toda a diversidade que Portugal tem para oferecer.”

Portugal conquistou ainda o prémio de “Melhor Organismo Oficial de Turismo do Mundo”, atribuído ao Turismo de Portugal, o de “Melhor Site Oficial de Turismo”, foi entregue ao portal oficial de informação sobre o país, o visitportugal.com, a Madeira venceu “Melhor Destino Insular” e Lisboa é “Melhor Cidade para Estadias Curtas”.

Criados em 1993, os World Travel Awards reconhecem o trabalho desenvolvido na área da indústria turística a nível global, estimulando assim a competitividade e a qualidade do turismo. Os nomeados para a final do prémio são os vencedores das galas regionais, aos quais se juntam outros nomeados pelo próprio WTA.

Turisforma presente na 1.ª Conferência do Fórum Permanente para as Competências Digitais

Durante o dia de hoje (6/12), a Turisforma está presente na 1.ª  Conferência do Fórum Permanente para as Competências Digitais, iniciativa que decorre no convento de São Francisco, em Coimbra.

O Fórum Permanente das Competências Digitais tem como objetivo dinamizar e articular um leque alargado de atores sociais e garantir uma ampla mobilização para a Iniciativa Nacional Competências Digitiais e.2030 | Portugal INCoDe.2030.

Durante o evento serão apresentados os Projetos Bandeira para dar a cada um dos Eixos da INCoDe.2030: Inclusão, Educação, Qualificação, Especialização e Investigação.

Pode consultar o programa completo aqui.

 

SnapCity, a App portuguesa vencedora do prémio das Nações Unidas

A SnapCity, a aplicação focada num chat online em tempo real, entre Turistas e Locais, representou Portugal na categoria Travel&Culture nos World Summit Awards (WSA), prémio organizado anualmente pela ONU que promove inovações digitais com impacto global.

Leia mais informações aqui.

Portugal é o melhor destino para praticar golfe

Numa cerimónia realizada em Espanha, a 4.ª gala anual dos World Golf Awards (WGA), que atribui os “óscares” da modalidade, distinguiu Portugal como o melhor destino de golfe do mundo pela terceira vez consecutiva.

Existem atualmente 91 campos de golfe em Portugal, sendo o Algarve a região que concentra o maior número de campos, cerca de 44%, seguido de Lisboa com 17,5%. Portugal recebe anualmente 400 000 turistas de golfe, o que gera 120 milhões de euros em receitas. A hospitalidade lusa, as excelentes infraestruturas desportivas e hoteleiras, e a boa relação qualidade/preço, foram algumas das principais razões que levaram à conquista deste prémio.

Formação Modular para Empregados e Desempregados na região de Lisboa

A Turisforma viu aprovada a sua candidatura para o desenvolvimento de Formação Modular para Empregados e Desempregados na região de Lisboa.

A Formação Modular Financiada visa potenciar a empregabilidade da população ativa, designadamente dos empregados/as e, incluindo os que se encontram em risco de desemprego, através do aumento da sua adaptabilidade por via do desenvolvimento das competências requeridas pelo mercado de trabalho.

As áreas de formação aprovadas para a região de Lisboa são:

215 – Artesanato

342 – Marketing e Publicidade

345 – Gestão e Adminsitração

481 – Ciências Informáticas

762 – Trabalho Social e Orientação

811 – Hotelaria e Restauração

812 – Turismo e Lazer

Inscrições e mais informações através dos contatos:

Telefone: 215 959 080 | Email: lisboa@turisforma.pt